Posted on

Mealhada assinala dia do Município com atribuição de medalhas de mérito (com vídeos)

A Câmara da Mealhada assinalou hoje o Dia do Município com uma homenagem às vítimas da doença Covid-19 e com a  atribuição de Medalhas de Mérito Municipal a personalidades que se destacaram, em diversas áreas profissionais, da música à saúde, das forças de segurança à académia.https://www.noticiasdecoimbra.pt/mealhada-assinala-dia-do-municipio-com-atribuicao-de-medalhas-de-merito-com-videos/

Foram seis os laureados com a medalha de mérito municipal: Beatriz Cortesão, harpista, Cláudia Emanuel dos Santos, investigadora e doutorada em Estudos do Património, Cláudio Lopes, capitão da Guarda Nacional Republicana, Luís Martelo, trompetista, Maria Alegria Marques, professora catedrática da Universidade de Coimbra, e Maria Anunciação Costa, delegada de Saúde do concelho da Mealhada.

O presidente da Câmara Municipal da Mealhada, Rui Marqueiro, salientou a importância de celebrar esta data depois de um ano tão difícil “É evidente que tem um sabor muito especial, porque há um ano tivemos um desgosto de não o poder fazer porque estávamos numa situação muito grave de pandemia e era impossível fazê-lo com segurança”.

Quanto aos eleitos este ano, Rui Marqueiro, realçou o sentimento de orgulho pelas contribuições que deram ao município “Não gosto de fazer discursos longos, por isso acabei dizendo que era um orgulho ter estas pessoas como mealhanenses, porque estas pessoas ou trabalham, vivem ou nasceram no território da Mealhada, e é um orgulho ter estas pessoas ao nosso serviço”.

No final da cerimónia foi também apresentado um vídeo promocional da Mealhada feito inteiramente por munícipes, e que mereceu elogios por parte de Rui Marqueiro, especialmente no que diz respeito às vertentes, sonora, imagética e também técnica. 

A comemoração da quinta-feira da Ascensão, dia do Município da Mealhada, realiza-se desde 2016, mas devido à crise pandémica foi cancelada em 2020.

Fonte Oficial: Mealhada assinala dia do Município com atribuição de medalhas de mérito (com vídeos) – Notícias de Coimbra (noticiasdecoimbra.pt)

Posted on

Luís Martelo. Trompetista português considerado o terceiro melhor do mundo

Um músico português que vive e trabalha em Inglaterra foi distinguido como o terceiro melhor instrumentista do mundo em 2020.Luís Martelo recebeu o prémio dos Global Music Awards pela forma como, ao trompete, interpreta temas mundialmente conhecidos.

Fonte: Luís Martelo. Trompetista português considerado o terceiro melhor do mundo (rtp.pt)

Posted on

Junta de Barcouço atribui voto de louvor ao músico Luís Martelo

A Junta de Freguesia de Barcouço atribuiu um voto de louvor ao músico Luís Martelo, natural da freguesia, e que, no início deste ano, foi galardoado com a Medalha de Bronze nos “Global Music Awards 2020”, Estados Unidos da América, como o terceiro melhor instrumentista do mundo. O galardão foi entregue esta sexta-feira, 19 de março, por João Cidra Duarte, presidente da Junta, ao pai do jovem, Marcolino Luís Ferreira Martelo, na atual impossibilidade de o músico se deslocar de Inglaterra a Portugal.

“Receber um Louvor no meu país, mas especialmente na minha terra, é uma honra e uma alegria que não consigo expressar em palavras”, escreveu Luís Martelo nas redes sociais, agradecendo o gesto da Autarquia. “Hoje, Dia do Pai em Portugal, e dada a minha ausência do País, foi entregue o Louvor, em mãos, ao meu pai, também ele Luís Martelo, em forma de homenagem nesta data especial”, continua a publicação, onde o jovem parabeniza o progenitor: “Obrigado por me educares a ser lutador, trabalhador e teimoso como tu”.

Recorde um pouco da história deste jovem em https://www.bairradainformacao.pt/2021/02/16/por-muito-que-tudo-corra-bem-nunca-es-100-feliz-num-pais-que-nao-e-o-teu/

Fonte: https://www.bairradainformacao.pt/2021/03/19/junta-de-barcouco-atribui-voto-de-louvor-ao-musico-luis-martelo/

Posted on

Voto de Louvor

A Junta de Freguesia de Barcouço na pessoa do Exmo. Sr. Presidente João Cidra Duarte atribuiu-me hoje um Voto de Louvor pelo premio nos Global Music Awards. Receber um Louvor no meu País mas especialmente na minha terra é uma honra e uma alegria que não consigo expressar em palavras. Muito obrigado Sr.Presidente que tanto tem feito numa terra dificil de trabalhar e com bem menos recursos do que seria desejavel, muito obrigado. Hoje, dia do Pai em Portugal, e dado a minha ausencia do País, foi entregue o Louvor em mãos ao meu Pai, também Luis Martelo, em forma de homenagem nesta data especial ❤ Parabéns Pai e obrigado por me educares a ser lutador, trabalhador e teimoso como tu 🤣❤🇵🇹🎺 Feliz dia do Pai 💪🏽

Posted on Leave a comment

Luís Martelo: português eleito o terceiro melhor instrumentista do mundo

Chama-se Luís Martelo, é português e foi eleito o terceiro, sim leu bem, o terceiro melhor instrumentista do mundo.

Tem 31 anos de idade, é natural de Barcouço, concelho da Mealhada, e actualmente, reside em Inglaterra, onde está à mais de 6 anos.

Foi nos Estados Unidos da América, nos prémios «Global Music Awards 2020» que foi galardoado com a Medalha de Bronze, tendo sido eleito como o terceiro melhor instrumentista do mundo.

“Este prémio é o carimbo que certifica aquilo que na verdade tenho vindo a fazer, desde sempre, à custa de trabalho e muito estudo”, disse ao Diário de Coimbra, confessando que este prémio é “também o culminar de um sonho, tanto meu como da minha família.”

O artista português foi nomeado em duas categorias nos prémios «Global Music Awards 2020» com o seu espectáculo chamado “Chorando Saudade”: “Melhor Solista de Jazz Latino” e “Melhor Instrumentista”.

“Disseram-me que o prémio foi atribuído pela originalidade e por passar um pouco pelo mundo todo, Argentina, Brasil (bossa nova), Portugal (fado) e pelo «swing» dos anos 20, 30 e 40”, declarou ao Jornal Bairrada

Viveu em Évora durante cerca de 4 anos, onde integrou a Banda Sinfónica do Exército e a Banda Militar de Évora “Em Portugal, se fores cantor és a cara da banda, se fores músico, és mais um músico e ninguém sabe quem é que lá está”, disse

Desiludido com o facto de não vingar no mundo da música em Portugal, Luís Martelo rumou até Inglaterra, onde trabalhou na Construção Civil, na Restauração e como operário de uma fábrica de madeira: “Em determinada altura consegui comprar um trompete e concorri a uma orquestra de Bristol, onde fiquei”.

O artista português, agora premiado, tem gravado para algumas bandas sonoras de filmes de Hollywood.

Fonte: Luís Martelo: português eleito o terceiro melhor instrumentista do mundo – VOX POP TV / A Febre da Televisão