Posted on

“Por muito que tudo corra bem nunca és 100% feliz num país que não é o teu”

Depois de três anos a viver na rua, Luís Martelo, hoje com 31 anos, natural de Barcouço, Mealhada, rumou em 2014 a Inglaterra em busca de «um futuro melhor e com o sonho de recuperar a carreira na música». Com o trompete sempre debaixo do braço e um trabalho que começa agora a dar frutos, o jovem foi, recentemente, galardoado com a Medalha de Bronze dos “Global Music Awards 2020”, nos EUA, como o terceiro melhor instrumentista do mundo.

Fonte: https://www.diarioaveiro.pt/noticia/66370

Posted on Leave a comment

Terceiro melhor instrumentista do mundo é de Barcouço

Luís Martelo, trompetista português, natural de Barcouço, no concelho da Mealhada, mas a residir em Inglaterra há mais de seis anos, foi, recentemente, galardoado com a Medalha de Bronze dos “Global Music Awards 2020”, nos Estados Unidos da América, como o terceiro melhor instrumentista do mundo. «Este prémio é o carimbo que certifica aquilo que na verdade tenho vindo a fazer, desde sempre, à custa de trabalho e muito estudo», confessa, ao Diário de Coimbra, garantindo ser «também o culminar de um sonho, tanto meu como da minha família».

Font: https://www.diariocoimbra.pt/noticia/65308

Posted on Leave a comment

3.º melhor instrumentista do mundo em 2020 é de Barcouço

Luís Martelo, trompetista português, natural de Barcouço, no concelho da Mealhada, mas a residir em Inglaterra há mais de seis anos, foi, recentemente, galardoado com a Medalha de Bronze dos «Global Music Awards 2020», nos Estados Unidos da América, como o terceiro melhor instrumentista do mundo. «Este prémio é o carimbo que certifica aquilo que na verdade tenho vindo a fazer, desde sempre, à custa de trabalho e muito estudo», confessa, ao Diário de Coimbra, garantindo ser «também o culminar de um sonho, tanto meu como da minha família».

O jovem, de 31 anos, esteve nomeado nos «Global Music Awards» com o seu «show» a solo «Chorando Saudade», transmitido, inicialmente, ao vivo na internet a partir de um estúdio em Londres – que pode ser visto no Youtube pesquisando por «Luís Martelo – Chorando Saudade 3 – Full live concert» -, em duas categorias, de «melhor solista de jazz latino» e «melhor instrumentista», tendo sido premiado com bronze, como o terceiro melhor instrumentista do mundo em 2020. «Disseram-me que o prémio foi atribuído pela originalidade e por passar um pouco pelo mundo todo, Argentina, Brasil (bossa nova), Portugal (fado) e pelo «swing» dos anos 20, 30 e 40», explicou ao nosso jornal.

Em Portugal, iniciou o seu percurso na Associação Filarmónica Lyra Barcoucense 10 de Agosto (Mealhada), onde esteve dos sete aos 20 anos; tendo de 2007 a 2010, integrado a Banda Sinfónica do Exército e a Banda Militar de Évora. «Em Portugal, se fores cantor és a cara da banda, se fores músico, és mais um músico e ninguém sabe quem é que lá está», lamenta.

Há seis anos e meio quando emigrou para Inglaterra, trabalhou na restauração, na construção civil e ainda como operário numa fábrica de madeira. «Em determinada altura consegui comprar um trompete e concorri a uma orquestra de Bristol, onde fiquei», explica o jovem, que tem feito sucesso nas três «Big Bands» onde toca, explorando as raízes latinas. «As músicas são escolhidas a dedo em cada “show” que faço», confessa, garantindo que 2020 «foi o seu melhor ano de carreira de sempre». «Comecei a tocar em lares de idosos, com uma coluna livre de eletricidade que me permite estar longe deles. Toco na rua, enquanto eles estão dentro das suas casas», sublinha, desvendando que «neste momento, faço, no mínimo, de 180 a 200 libras em duas horas».

Luís Martelo tem também gravado, em estúdio, para vários artistas conhecidos e várias bandas sonoras de filmes de Hollywood, tal como a última faixa chamada «Uber Time» para o realizador Scott Fivelson dos filmes «American Reel» e «Near Myth: The Oskar Knight Story» onde participa o ator português Joaquim Almeida. Esteve nomeado para atuar e lecionar em várias masterclasses e festivais internacionais, tais como, o «VG Brass Festival», na Croácia, em junho próximo.

Na reunião camarária da Mealhada, que se realizou, na manhã desta segunda-feira, 18 de janeiro, o presidente da Autarquia garantiu ir ser enviada uma carta de felicitações ao músico. «Mal seja possível tentaremos que atue no nosso Município», sublinhou.

Recordamos os nossos leitores que o músico Luís Martelo, num registo musical diferente do atual, em 2018 foi um dos convidados do «Bairrada Informação» na Feira do Município da Mealhada.

Font: Bairrada Informação https://www.bairradainformacao.pt/2021/01/18/3-o-melhor-instrumentista-do-mundo-em-2020-e-de-barcouco/?fbclid=IwAR2gVIXbnV8WLgB2uKsch7aEoIr5btZp3TNbPumBUGkqerAvlWNHXvgeET0

Posted on Leave a comment

Trompetista de Barcouço ganha bronze nos “Global Music Awards”

Luís Martelo conheceu a decisão do júri no primeiro dia do ano, depois de estar nomeado em duas categorias.

Luís Martelo, trompetista português, natural da Freguesia de Barcouço, Mealhada, foi galardoado com a Medalha de Bronze dos Global Music Awards (GMA) nos Estados Unidos, equivalente aos Grammys para músicos independentes.

Luís Martelo conheceu a decisão do júri no primeiro dia do ano, depois de estar nomeado, com o seu show a solo “Chorando Saudade”, em duas categorias: Melhor Solista de Jazz Latino e Melhor Instrumentista.

O músico de Barcouço acabou por ser premiado com bronze, ou seja, como terceiro melhor instrumentista do mundo em 2020.

Na próxima edição impressa, de 14 de janeiro, vamos dar a conhecer o percurso deste músico.

Fonte: https://www.jb.pt/2021/01/trompetista-de-barcouco-ganha-bronze-nos-global-music-awards/

Posted on Leave a comment

Luis Martelo, of Taunton, wins bronze at Global Music Awards

 

TAUNTON-based trumpet player Luis Martelo has scooped a top accolade at a major international awards ceremony.

Luís Martelo has this week won a bronze medal at the Global Music Awards in the United States, equivalent to the Grammys for independent musicians.

Luís was nominated for his solo show Chorando Saudade in two categories in the worldwide contest – best Latin jazz soloist and best instrumentalist, receiving bronze in the latter.

He has carved out a successful career in Portugal, where he was a band player in the army, and in bands and orchestras in the United Kingdom.

He has recorded for several well-known artists in studio sessions and a number of soundtracks for Hollywood films such as Uber Time.

He has performed internationally as a soloist, was nominated for the best theatre musician 2020 by the Cinderella Awards and has been invited to play and teach in masterclasses and international festivals including the VGBRASS festival in Croatia in June this year.

Font: Luis Martelo, of Taunton, wins bronze at Global Music Awards | Somerset County Gazette

Posted on Leave a comment

Jovem de Barcouço integra três das melhores orquestras e bandas em Inglaterra

Luís Martelo, de vinte e nove anos, natural de Barcouço, integra, recentemente, como trompetista, a Phoenix Brass Band, a Wednesday Orchestra (banda sinfónica com cordas) e a Taunton Concert Band (banda sinfónica só de sopros), em Inglaterra. Ao «Bairrada Informação», o jovem declarou que “após uma pesquisa, fez os testes em sete bandas e orquestras”, tendo, “para seu espanto”, passado em todas.

O nascimento da filha, há poucos meses, motivou Luís Martelo a voltar a estudar música com o instrumento com o qual começou a tocar, em criança, na Filarmónica Lyra Barcoucense. “É algo que realmente me faz feliz, me deixa entusiasmado e me dá uma luta diária”, declarou, relembrando os tempos em que integrou a Banda do Exército em Portugal.

O regresso ao trompete, recentemente, levou-o a querer mais, procurando, em Inglaterra, local onde vive com a mulher e os três filhos, por bandas e orquestras que pudesse integrar. Das sete a que concorreu, passou em todas. “Foi como se eu tivesse recuperado uma vida que pensava que já nunca mais ia voltar”, confessou.

Das sete, Luís Martelo escolheu três, “aquelas que me permitam ter tempo para estudar e para a família”. “Já fiz o primeiro concerto com a Phoenix Brass Band e temos o próximo já no dia 15 de setembro. Com as Sinfónicas começamos agora a nova época e serão anunciadas as primeiras datas incluindo a habitual tour internacional de cada uma delas”, explicou-nos o jovem.

Na Phoenix Brass Band está colocado como Cornet Solista, na Wednesday Orchestra como Trompete Solista e na Taunton Concert Band como primeiro trompete. “Estou muito melhor do que estava, superei o nível do passado, o corpo está mais maduro e a cabeça tambem. Estou a tocar num nível mais elevado, até porque as bandas daqui o exigem. As peças tocadas são sempre difíceis e exigentes, o que é muito bom para a progressão!”, disse-nos.

Luís Martelo frequentou o Conservatório de Música de Coimbra e o curso de Trompete na Universidade de Évora, tendo tocado em várias bandas e orquestras um pouco por todo o país. Fez o curso/especialidade de músico profissional ao serviço do Exército, na Banda Sinfónica do Exército, sediada em Queluz, sendo depois colocado na Banda Militar de Évora, onde foi orientado por grandes nomes da música nacional, tais como, Fernando Vidal, Pedro Monteiro, João Coca, Sérgio Carolino, Luís Granjo, Major Ferreira da Costa, Christopher Consitt Bochmann, Daniel Tapadinhas, entre outros.

Antes de regressar, novamente ao trompete, o jovem ficou conhecido, em Portugal e em Inglaterra, por causa do seu percurso de dez anos no Rap, como Luká EmmE. Este ano, a convite do «Bairrada Informação», passou pela Festame – Feira do Município da Mealhada -, onde privou com fãs e deu um “show” cantando alguns dos seus melhores êxitos.

Mónica Sofia Lopes

Font: Jovem de Barcouço integra três das melhores orquestras e bandas em Inglaterra | Bairrada Informação (bairradainformacao.pt)

Posted on Leave a comment

Luís Martelo ganha o título de “Terceiro melhor trompetista do mundo” no Music Awards

O trompetista Luís Martelo, natural da freguesia de Barcouço, concelho da Mealhada, foi premiado com a medalha de bronze dos Global Music Awards.

O solo “Chorando Saudade” valeu-lhe a nomeação em duas categorias – Melhor Solista de Jazz Latino e Melhor Instrumentista, tendo sido premiado com bronze, como terceiro melhor instrumentista do mundo em 2020,

Atuando neste momento em Inglaterra, tem feito uma carreira de sucesso em orquestras no Reino Unido, especialmente em “big bands” e tem gravado para vários artistas conhecidos e várias bandas sonoras de filmes de Hollywood. Em Portugal, foi ainda músico da Banda Sinfónica do Exército Português.

Apresentando-se internacionalmente como solista, foi nomeado como melhor músico de teatro de 2020 pelo Cinderella Awards e foi convidado para tocar e ensinar em masterclasses e festivais internacionais, incluindo o festival VGBRASS na Croácia em junho deste ano.

A Câmara Municipal da Mealhada felicitou publicamente o artista por este feito.

Font: Luís Martelo ganha o título de “Terceiro melhor trompetista do mundo” no Music Awards – Litoral Magazine

Posted on Leave a comment

A Câmara Municipal da Mealhada parabeniza o trompetista Luís Martelo

A Câmara Municipal da Mealhada parabeniza o trompetista Luís Martelo, natural da freguesia de Barcouço, por ter sido galardoado com a medalha de bronze dos Global Music Awards – Estados Unidos (equivalente aos Grammys para músicos independentes). O músico do concelho da Mealhada esteve nomeado em duas categorias – Melhor Solista de Jazz Latino e Melhor Instrumentista -, tendo sido premiado com bronze, como terceiro melhor instrumentista do mundo em 2020.Recorde-se que Luís Martelo atua neste momento em Inglaterra e tem feito uma carreira de sucesso em orquestras no Reino Unido, especialmente big bands, e tem gravado, em estúdio, para vários artistas conhecidos e várias bandas sonoras de filmes de Hollywood.

Font: (20+) Município da Mealhada – Publicações | Facebook

Posted on Leave a comment

Taunton trumpeter wins global award

Taunton trumpeter wins global award

The trumpeter Luís Martelo, based in Taunton, has been awarded Bronze in the Global Music Awards which is the equivalent to the Grammys for independent musicians.

Luís was nominated, with his solo show “Chorando Saudade” https://youtu.be/PsYu5Xb-i6w, in two categories, best Latin Jazz Soloist and the best instrumentalist, being then awarded with bronze, as third best instrumentalist in the world in 2020.

Former Portuguese Army Band musician, Luis, has also recorded soundtracks on Hollywood films such as: “Uber Time”; “American Reel “and” Near Myth: The Oskar Knight story” which features Portuguese actor, Joaquim Almeida, from the Fast and Furious movies.

Font: Global Music Award 2020 bronze award for Luis Martelo from Taunton (tonenews.co.uk)